Hospital Veterinário Foccus

Emergências
(11) 2267.6403 | 2994.1691 | 2262.2363

(11) 94020.5872

Síndrome do Gato Paraquedista

 

paraquedista gato medicina felina

Quem tem gatos sabe que a grande maioria deles tem paixão por alturas e caça de passarinhos e insetos. Ao avistarem suas presas do lado de fora, eles tem um impulso de pular pela janela. Além disso, quedas acidentais não podem ser deixadas de lado, mesmo o gato sendo um excelente equilibrista.

Os gatos jovens caem com mais frequência e os estudos apontam um padrão nas lesões nesse tipo de acidente.

Curiosamente estudos comprovam que animais que caem de uma altura superior ao 7º andar de um prédio apresentam mais chances de sobreviver do que aqueles que caem de alturas menores.

Isso se explica devido ao fato de que quanto maior o tempo da queda, mais tempo o gato tem para rotacionar sua cabeça e colocar-se em posição quadrupedal, distribuindo melhor o peso do corpo e amortecendo a queda, além da capacidade de abertura das quatro patas, fato que aumenta a resistência do ar e diminui a velocidade da queda.

Muitas vezes os animais conseguem andar normalmente depois da queda, principalmente nos andares mais altos. Isto não significa que nada de grave aconteceu. As lesões nos pulmões podem ser silenciosas e demorar horas para aparecerem.

A melhor prevenção, e que deve ser obrigatória, é o uso de telas em todas as janelas de apartamento. As telas protegem os gatunos e as crianças. Locais que já possuem telas, é importante a verificação constante da integridade da proteção.

 

 

 

 

Avenida Água Fria, 1.394 - São Paulo - SP

SIGA-NOS